Siga em frente Munna Bhai (2006)

País: Índia

Duração: 2 h e 24 min

Gêneros:  Comédia, drama, romance

Diretor: Rajkumar Hirani

IMDB: www.imdb.com/title/tt0456144/

 

Munna Bhai ataca novamente! Após o estrondoso sucesso de “Munna Bhai M.B.B.S.”, o talentoso diretor Hajkumar Hirani resolveu repetir a fórmula de sucesso usando os mesmos dois personagens (e os mesmos atores), Munna Bhai e seu inseparável capanga Circuit, mas, diga-se de passagem, “Siga em frente Munna Bhai” não é continuação de “Munna Bhai M.B.B.S.”.

O filme foca suas atenções no carismático Munna Bhai, com seus mesmos defeitos e qualidades: bandido, trapaceiro, desonesto, romântico e humano. Ele já começa o filme apaixonado pela voz de uma locutora de rádio, Jhanvi. Ao saber que no dia 02 de outubro (declarado dia mundial da não-violência pela ONU) haveria um quiz sobre a vida Gandhi no rádio, com as respostas dada pelo telefone, Munna, trapaceando como sempre, contrata vários professores para lhe passar as respostas certas e ganhar o jogo, no intuito de conhecer a sua amada. A cena do jogo é muito engraçada. Ao conhecer Jhanvi e se apresentar como professor de história, Munna  recebe o convite para dar uma palestra sobre Gandhi na casa que ela mora com seis idosos: a Casa da Segunda Chance. Nesta residência, os moradores usam a filosofia de começar de novo e se dão uma segunda chance de viver a vida, através da realização de seus sonhos. Enrascado com a proposta, e sem ter outra alternativa, Munna passa 3 dias e 3 noites estudando sobre Gandhi numa biblioteca e começa a ter visões do espírito de Gandhi (chamado de Bapu pelos indianos), o qual o influencia a seguir os seus dogmas. A partir daí, Munna, com seu jeitinho peculiar, passa a fazer o bem, difundir os conceitos de Bapu e resolver seus problemas através do Gandhismo, apesar de toda a resistência imposta pelo seu caráter.

Diferentemente dos outros 3 filmes do diretor (todos muito bons e grandes sucessos), “Siga em frente Munna Bhai” troca a crítica pelos ensinamentos. Numa época na qual as novas gerações mal sabem quem foi Gandhi – e sua importância -, essa foi uma maneira de apresentar essa figura icônica à nova sociedade e mostrar os conceitos que nortearam a sua vida. O próprio governo isentou de impostos a produção desse filme, e ele foi o primeiro filme hindi a ser exibido na ONU. Em uma passagem do filme, Munna, Jhanvi e os idosos fazem um protesto limpo e sem violência em frente a casa de Lucky, outro bandido que “tomou” a Casa da Segunda Chance. Esse tipo de protesto se tornou padrão da Índia nos meses seguintes, e então o conceito de Satyagarra (não-violência), tão usado por Gandhi, espalhou-se pelo país, ocasionando uma série de atitudes do governo, como isenção de impostos, que geraram um grande retorno social.

A mensagem de paz é automática, pois se até um bandido pode mudar, por que uma pessoa comum como todos nós, com todos os nossos vícios e defeitos não pode? A estratégia muito bem-sucedida de usar a figura de Gandhi culminou num filme muito agradável para todas as idades e que transmite belas mensagens sem pieguismo algum, através da veia cômica da sétima arte. É um filme ao qual assistimos e saímos com um sorriso no rosto. Está prevista a produção de um novo filme com Munna Bhai, e este blog já espera ansiosamente por uma nova pérola desse excelente personagem e desse genial diretor.

O trailer oficial não é muito bom, não mostra muita coisa e não tem legendas – natural para um filme tão pouco conhecido além Índia -, mas está mostrado abaixo para quem se interessar.

Adriano Zumba

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.