Haider (2014)

País: Índia

Duração: 2 h e 40 min

Gêneros:  Ação , crime, drama, romance, thriller

Diretor: Vishal Bhardwaj

IMDB: http://www.imdb.com/title/tt3390572/

A Caxemira é uma região muito fértil entre a Índia e o Paquistão. Ao longo da história dos 2 países, essa região já causou uma série de conflitos e é um tema recorrente em filmes indianos. Sob o pano de fundo do período chamado Insurgência da Caxemira, em 1995, quando separatistas e nacionalistas se enfrentaram, que a história do filme se desenvolve. “Haider” recebeu críticas positivas em todo o mundo e ganhou diversos prêmios. Merecidíssimo para esta adaptação moderna de Hamlet.

Hilaal Meer, um médico que trabalha na região do conflito, concorda em fazer, nas dependências de sua casa, uma cirurgia de apêndice no líder de um grupo militante pró-separatista, para evitar que ele fosse capturado, mesmo contando com a reprovação de sua esposa, Ghazala. No outro dia, após um ataque militar e a delação de alguém, Hilaal é acusado de abrigar terroristas, sua casa é destruída e ele é levado para um destino indeterminado. Após estes acontecimentos, Haider, filho de Hilaal, que fora enviado para estudar em outro Estado alguns meses antes, retorna a sua cidade à procura do paradeiro de seu pai e para descobrir quem foi o traidor que causou toda essa reviravolta em sua família. O principal suspeito é Khurram, seu tio, irmão de seu pai, que, com o desenrolar do roteiro, acaba protegido sob a égide do Estado.

Haider” é uma história de traições e vingança que mistura ingredientes de um excelente filme de suspense, principalmente motivado pela presença de uma personagem chave da trama, a misteriosa Ghazala, mãe de Haider. É ação e tensão em grande parte do filme. A cada nova descoberta, o aura negra da vingança se instala com mais força e o ódio de Haider é incrementado, tornando o rapaz quase um vulcão em erupção. Preparem-se, pois sua lava vai queimar muita gente !

Interessante notar que, mesmo mostrando um ódio tão insano e tão pungente, o filme faz questão de retratar a natureza cíclica da vingança e da violência, porém deixa, ao final, uma descontinuidade desses atos. Dentre todos os filmes indianos que já assisti, posso dizer sem pensar duas vezes que o final de Haider foi um dos mais impactantes e espetaculares. Lembrou-me “Três homens em conflito” de Sergio Leone, “Kill Bill” de Quentin Tarantino e “O regresso” de Alejandro G. Iñarritu. Uma “masala” de filmes que resultou em um sabor indiscutível.

Este filme ganhou o prêmio de melhor coreografia no Filmfare, o Oscar indiano. Tinha que destacar a cena que motivou esta premiação, pois foi espetacular. Uma música, e sua respectiva dança, com ares de superprodução, que desvenda o vilão da trama na frente de todos, em uma solenidade de casamento. Só uma produção indiana para conseguir manter as tradições de seu cinema e encaixar perfeitamente música e dança num filme tão “pesado” e conseguir um resultado magnífico. Se não fosse aquele final, este seria o ápice do filme.

Haider é um filme surpreendente, mesmo contando com uma temática batida e um roteiro baseado numa história mais do que conhecida. O Hamlet da terra dos elefantes congelados, no caso do filme, queimou qualquer dúvida que por ventura existisse quanto à maturidade que o cinema indiano alcançou nos últimos 10 anos. Sua qualidade indiscutível colocou a Índia em pé de igualdade com qualquer outro país no item produção cinematográfica. Qualquer preconceito ou pré-julgamento pode ser jogado ralo abaixo, pois não há mais razão de existir.

O trailer, com legendas em inglês, segue abaixo.

Adriano Zumba

Anúncios

3 comentários Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.