Sobre

     Este é um blog feito para as pessoas que gostam de cinema feito por pessoas que não são críticos e sim estudiosos e curiosos pela sétima arte. A intenção do blog é compartilhar nossos conhecimentos, pesquisas e considerações usando uma linguagem simples e acessível a todos. É um trabalho feito com carinho e com vontade que dê certo. Gostaríamos de contribuir de alguma forma para aumentar o conhecimento e o senso crítico de todos vocês.

Os posts do blog serão subdivididos em 3 categorias : diretores, filmes e listas.

Será feita uma descrição detalhada sobre o estilo de cada diretor apresentado e inclusive com recomendações de filmes.

Em relação aos filmes, este blog não tem por objetivo fazer uma crítica completa ou discutir aspectos técnicos de cada um deles. A intenção é apenas tecer um breve comentário (sem revelar spoilers) e tenham certeza que todos os filmes publicados aqui merecem ser vistos pois são realmente muito bons. Publicaremos também filmes importantes da história do cinema.

As listas são nossos xodós. Gostamos muito de listas pois elas são altamente subjetivas e sucitam discussões. Usaremos e abusaremos das listas em nosso blog.

Daremos mais ênfase ao cinema não americano pois consideramos que há muita vida cinematográfica além da América e esta é nossa preferência mas nunca negligenciaremos os grandes filmes já realizados por Hollywood.

Esta é apenas uma breve descrição sobre nosso blog e esperamos que agrade a todos vocês e contribua de alguma forma para o seu divertimento e sua cultura geral.

Adriano Zumba e Geraldo Willian

————————————————————————————————————————-

COMENTARISTAS DO BLOG

ADRIANO ZUMBA

adriano     “Sou formado em Ciências da Computação pela Universidade Federal de Alagoas, casado, pai de dois filhos (Marcelo e Melissa), servidor público federal e cinéfilo de carteirinha.

Meu primeiro filme foi ET – O extraterrestre. Vi no cinema quando tinha 5 anos e fiquei assombrado. Após este “trauma” passei muito tempo afastado da sétima arte e ao tornar-me adolescente passei a frequentar os cinemas de minha cidade, Maceió, com minhas namoradinhas. Acabava quase sem ver os filmes !

Um interesse maior surgiu com o advento da internet e a possibilidade de fazer downloads dos filmes. Eu fazia download de qualquer filme pois o importante era colecionar. A esta altura via poucos filmes e de qualidades diversas.

A virada no meu gosto cinematográfico aconteceu quando conheci minha futura esposa, Caroline. Seu pai, Geraldo William (o outro comentarista do blog), vinha de uma família proprietária de um cinema no interior do Ceará (como no filme Cine Holliúdy) e, por conta disto, alimentava um grande amor pela sétima arte. Ele me incentivou a ver filmes mudos, antigos e àqueles que chamamos de “filmes de arte”. No começo até resisti um pouco pois o meu negócio era realmente os “blockbusters” americanos que via no cinema mas, após ele projetar Cinema Paradiso no muro de sua casa (e eu constatar a qualidade), acabei mudando de idéia e enveredando aos poucos por este inestimável mundo do cinema.

Comecei a comprar livros, pesquisar na internet, fazer listas, vídeos e descobrir a beleza do cinema realizado nos mais diversos países do mundo e em diversas épocas da história. Hoje, “garimpo” filmes do mundo todo, sou fã incondicional do gênio Charlie Chaplin, fã do filme Três homens em conflito e inauguro este blog num dos meses mais importantes da minha vida. Neste mês de outubro de 2016, nasceu minha filhinha Melissa. Esse blog é também uma homenagem a este momento tão especial.”

GERALDO WILLIAN

william      “Como comentarista do blog Cineminha Zumbacana, sinto-me lisonjeado em poder colaborar, de certa forma, criticando, opinando, sugerindo e trocando idéias com cinéfilos para ampliar nosso conhecimento no mundo da sétima arte.

Poderia começar relacionando uma lista dos meus filme preferidos mas receio cometer, até comigo mesmo, uma injustiça pois são tantas obras maravilhosas na cinematografia mundial que por certo algumas ficariam de fora. Vou citar meu filme favorito : Cinema Paradiso (1988), uma produção ítalo-francesa dirigida por Giuseppe Tornatore. O filme evoca minhas antigas memórias inserindo meus familiares no contexto. Na década de 60 foi inaugurado em Brejo Santo, cidade do interior da região do Cariri no Ceará, o Cine Alvorada. Empreendimento este já equipado com Cinemascope e com a velha sirene para chamamento dos espectadores no horário habitual, a fim de assistirem à exibição do filme da noite e da matinê. Na sala de projeção, o gongo badalava para a abertura das cortinas e isso eu fazia manualmente, no entusiasmo de menino. Vale salientar que meu pai e meu irmão mais velho eram respectivamente proprietário e gerente. Outro irmão era o projecionista (lembrando o Alfredo de Cinema Paradiso) e ele, em um momento hilário, projetou o primeiro rolo de um filme de cabeça para baixo causando aquele alvoroço na plateia mas logo após o erro foi consertado e tudo voltou à normalidade. Nas minhas peraltices de criança, tendo acesso à cabine de projeção, cortava alguns fotogramas para que, junto aos meus amigos, projetasse em alguma parede usando uma caixa de sapatos vazia com uma lâmpada convencional oca e cheia d’água para aumentar o grau do foco. Utilizando uma lanterna de luz forte projetávamos a imagem do fotograma sem movimento. Após algum tempo, o teto do Cine Alvorada desmoronou casualmente num horário sem exibição de filmes e sem danos físicos a qualquer pessoa. Esses acontecimentos assemelham-se, de certa forma, com algumas cenas de Cinema Paradiso, e, sempre que assisto, me emociono e me lembro do envolvimento que eu tinha com o extinto Cine Alvorada. Após este pequeno relato, fica óbvio o motivo pelo qual Cinema Paradiso é meu filme favorito.

Depois de alguns contatos com alguns comentaristas, críticos e até cineastas (vide foto acima com Nelson Pereira dos Santos, realizador de Vidas Secas) e através da leitura de algumas obras literárias sobre cinema a fim de conhecer melhor as sutilezas da realização de uma obra cinematográfica espero contribuir da melhor forma para o crescimento deste blog.”

 

Anúncios

4 comentários Adicione o seu

  1. Weslanny Tenório Tavares Silva disse:

    Parabenizo aos criadores deste blog, ao mesmo tempo em que desejo sucesso e dizendo a todos que “assistir a filmes” não é apenas um lazer, uma diversão, mas uma paixão. Gosto muito também, longe de ser conhecedora o suficiente para fazer qualquer tipo de comentário, mas “viajo nesse mundo mágico, encantador e altamente fascinante dessa arte”. Parabéns Adriano e Seu Willian!!!!!!!!!

    Curtir

  2. cezar augusto fontes da silva disse:

    andriano rapais tudo que tu falou e verdade tu reamente curtiu a sua vida tudo que tu falou e verdade porque eu nasci em senhor do bomfim bahia e eu morava vizinho ao cinema meu pai era juis de paz naquela epoca ele que tomava conta do cinema pra deixair menino po menina da idade de 14 anos veja so sensura naquela epoca eu mesmo sou fanicos por filmes classico terror suspense em geral todos tu sabiaque agente era feliz e nao sabia tu estar de parabens tu e fera sabe tudo de filmes um abraco

    Curtir

  3. ANTONIO C BERARDI JR disse:

    Acho esse blog o máximo e o consulto sempre que preciso de uma análise inteligente e fundamentada. Obrigado por tanto trabalho! Estou atrás de um filme indiano que vi apenas um trecho musical há muitos anos, que conta a história de um grupo (acho que de 32 pessoas) que fica preso numa estação de trem (não me lembro se ele atrasa ou o que acontece). Vocês conseguem me dizer qual é e como eu o encontro ? Obrigado!!!

    Curtir

    1. Antônio, obrigado pelo elogio. É um trabalho feito com muito carinho. Sobre pessoas com problemas em trens em filmes indianos, me vem logo a cabeça 3 filmes: Lion (apesar de não ser indiano puro), Jab We Met e Bajrangi Bhaijaan. Esse filme que você busca não estou alcançando no momento, mas, se um dia ele cruzar o meu caminho, vou lembrar desse comentário e lhe responderei.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.