Secret Superstar (2017)

País: Índia

Duração: 2 h e 30 min

Gêneros: Drama, família, música, musical

Diretor: Advaid Chandan

IMDB: http://www.imdb.com/title/tt6108090/

Se me pedissem para descrever o filme em tela com uma só palavra, eu escolheria a palavra CATIVANTE. Um filme que trata de sonhos que, ao passo que são desejados e buscados, são também reprimidos por alguém que deveria ter outra conduta, mas alicerça seu comportamento com base no absolutismo patriarcalista apregoado na sociedade indiana até os dias de hoje. É um filme “aventureiro”, com a maioria das passagens sendo dramáticas, mas com pinceladas de comédia e até um pouco de romance puro, sincero e adolescente, para minimizar o peso narrativo da misoginia que é mostrada durante quase toda a duração do filme.

Insia, uma adolescente que possui uma grande aptidão para música, sonha em um dia ser uma cantora famosa, porém, entre outros motivos, tem seus sonhos freados pela ignorância de seu pai, que controla sua família na base da violência. É o reinado do terror! Com a ajuda de sua mãe, Najma, do garoto Chintam e do produtor musical Shakti, Insia tenta concretizar seus anseios, passando por cima do despotismo de seu pai, que impera em sua casa.

Se você, espectador, já assistiu e gostou de “Como estrelas na terra“, assistir a “Secret Superstar” terá um poder de reavivar lembranças, pois ele é ideologicamente semelhante, senão igual, ao filme de 2007, o qual considero o melhor filme indiano já produzido. Só relembrando: “Como estrelas na terra” é a história de um menino disléxico, que sofre com o autoritarismo do pai e a falta de compreensão da escola. Então, um anjo da guarda aparece em sua vida e o guia para um caminho que reconheça suas aptidões. Em “Secret Superstar“, temos uma menina com problemas, um pai opressor, um anjo da guarda e um desfecho positivo. Além disso, o anjo é representado pelo mesmo ator, o sempre competente Aamir Khan. Temos que convir que os personagens e a estrutura narrativa são parecidíssimos. Notamos apenas pequenas diferenças.

É um filme para toda a família, mas, em especial, para as mulheres e, mais especificamente ainda, para as mães. Vivemos em épocas de evidência da mulher, que, a cada dia, ganha mais força na sociedade moderna – até na Índia e sua sociedade machista. Nada melhor que um filme que retrate a história de superação não só da garota, mas também de sua mãe, que sofre diuturnamente violência doméstica e uma carência de liberdade, que, diga-se de passagem, nunca teve. Najma, um poço de resiliência, deseja que sua filha tenha um destino diferente do seu. Alegra-se com as conquistas e sofre com o distanciamento de sua filha dos sonhos dela. É uma relação entre mãe e filha que possui uma sintonia perfeita, baseada no amor mútuo e na ajuda e compreensão. Na montanha-russa narrativa que o filme possui, temos uma heroína em forma de mãe e uma menina visionária – a combinação perfeita para escapar das dificuldades que a vida impõe a ambas.

Nota-se que pouco mencionei o nome de Aamir Khan. Apesar de ter uma importância suprema na história, seu personagem é um coadjuvante de luxo, que tem o papel de salvador improvável e a função de satirizar a indústria da mídia. O filme é todo da garota e sua mãe, cujos laços são sensivelmente delineados e calorosamente exibidos para emocionar os espectadores. Aliás, o filme tem, sem vergonha alguma ou medo de se tornar piegas, um viés melodramático – algo comum em produções indianas. Particularmente, gosto bastante dessa abordagem.

Secret Superstar” cria uma mágica genuína. Uma composição de diferentes emoções muito gratificante. No exercício de adivinhação que muitos gostam de fazer ao longo de um filme, tenho que admitir que esperava um final diferente: algo no sentido da formação de uma estrutura familiar saudável e respeitosa, visando à completude de seus componentes e baseada na mudança de pensamento das pessoas. Minha previsão não se concretizou, mas não tem problema. O final é lindo, emocionante e gratificante. Só em parecer com “Como estrelas na terra“, já ganhou um fã.

Só para encerrar, toda a trilha sonora é incrível, com exceção da última música. Uma das mais belas trilhas sonoras que já ouvi num filme indiano.

O trailer segue abaixo.

Adriano Zumba

 

Anúncios

3 comentários Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.